26 de junho de 2017

GREVE GERAL 30/06


REUNIÃO COM A SEDUC SOBRE CALENDÁRIO DE REPOSIÇÃO



Hoje, dia 26/06/17, reunimos novamente com a SEDUC para pautar o calendário de reposição. Estavam presentes: Bárbara Vilaça, Adriana de Campos, Gisélia Beatriz (Quadro Administrativo) representando a categoria e Joaquim Antônio Gonçalves, Juliana Sadra e Maria Aparecida de Medeiros representando o governo.

Pontuamos em primeiro lugar os dois pontos que ficaram em desacordo com a última reunião, referente à utilização impreterível de dias úteis e a inserção dos dois dias escolares.

A SEDUC reconheceu que a palavra “impreterivelmente” foi utilizada de maneira equivocada e irá repassar às direções escolares a orientação de retirá-la. Sendo assim, será possível a manutenção da semana de outubro dentro do calendário escolar, desde que a escola respeite o máximo de dois sábados de reposição por mês, a não utilização da última semana de dezembro (26/12 a 29/12) e a utilização de outros dias úteis (semana de julho e feriados municipais).

Quanto aos dias escolares, esclarecemos novamente que essa não é uma reinvindicação da categoria e que os/as representantes da mesma no último Conselho deliberaram pela exclusão desses dois dias. O Secretário disse que como foi uma solicitação do colegiado de diretores/as, que ele irá tratar do assunto em uma reunião com os mesmos, que deve acontecer amanhã ou no mais tardar na quarta-feira.

A respeito da flexibilização, questionamos o não pagamento salarial da mesma na semana de outubro (se tal semana for utilizada pela escola como reposição) uma vez que os/as trabalhadores/as já tiveram o corte desses dias. Foi nos dito que o entendimento é de que se pode pagar através de folha complementar a reposição desses dias, como será feito com os sábados e feriados, mas como envolve uma questão financeira, a decisão final será remetida a reunião da Comissão Permanente de Negociação Coletiva (COPENC), que acontecerá quinta-feira, dia 29/06. Tanto para quem flexibiliza, quanto para quem é contratado/a será pago os dias de reposição aos que assumirem o calendário de reposição da escola.

No que se refere ao Quadro Administrativo, os/as trabalhadores/as poderão pagar aos sábados juntamente com o magistério. O que ficou pendente é a questão de julho e outubro, que será tratado também na reunião da COPENC.

As Agentes de Educação Infantil seguirão o calendário do magistério a princípio, pois a reinvindicação é de que haja apenas um calendário para todo o Quadro Único da Educação.

Com relação aos/às estagiários/as de inclusão, aqueles/as que não trabalharam nos dias de paralisação deverão acompanhar os/as estudantes nos dias de reposição. Para os/as que foram normalmente e cumpriram seu dia de trabalho, não precisarão ir e a Secretaria irá pensar numa solução para o acompanhamento desses/as os/as estudantes nos dias de reposição.
Foi dito novamente pelo governo que o corte duplo é incabível e ilegal, até mesmo para a flexibilização.

O dia 20/11, feriado municipal, poderá ser utilizado para reposição em dia útil.

Na oportunidade, dissemos que a categoria já está enviando o calendário de reposição e que até o momento não obteve nenhuma resposta do que foi reivindicado, como por exemplo o índice de recomposição salarial e o aumento do auxílio alimentação. O Secretário informou que as questões delegadas à SEDUC foram encaminhadas para a Secretária de Governo e Administração como: o projeto de lei referente ao auxílio permanência de 10% para os/as trabalhadores/as de Nova Contagem, o pagamento do piso salarial profissional nacional para as Professoras de Educação Infantil e o pedido da revogação do Art. 5º da Lei Complementar 187/14, que retirava as PEB’s 1 dos Cemei’s ainda esse ano.

Questionamos também quanto a retroatividade dos pontos financeiros e foi nos garantindo que será a partir de 1º de maio.


Em caso de alguma dúvida que não ficou clara, favor entrar em contato nos telefones 33514210/ 25590802.

20 de junho de 2017

"ESQUENTA DA GREVE GERAL DO DIA 30 DE JUNHO''

Hoje, dia 20 de junho, na parte da manhã, em frente ao Iria Diniz, o Sind-Ute Contagem, juntamente com representantes de movimentos sociais do município, fizeram uma panfletagem de "Esquenta da Greve Geral". Durante a panfletagem, a população foi informada das retiradas de direitos que estão acontecendo pelo governo federal de Michel Temer (PMDB) e foi feito o chamado para a adesão da Greve Geral que acontecerá no dia 30 de junho em todo país.

#ForaTemer
#NenhumDireitoaMenos




















13 de junho de 2017

RELATÓRIO DA REUNIÃO COM A SEDUC 13/06/2017

     
No dia 13/06/2017 o sindicato reuniu-se com a SEDUC para tratar do calendário de reposição. Estavam presentes: Bárbara Vilaça e Adriana de Campos pelo sindicato e Joaquim Antônio Gonçalves, Juliana Sadra e Maria Aparecida de Medeiros representando o governo.
A reunião pautou-se na importância da reposição de aulas para os estudantes com qualidade, porém não penalizando os/as trabalhadores/as.
Foi acordado entre a Seduc e o Sindicato os parâmetros abaixo para reposição dos dias de paralisações e greve:
Autonomia das escolas;
Utilização de 2 sábados por mês independente dos dias letivos já no calendário;
1 semana de julho de recesso;
Semana de recesso de outubro desde que não extrapole o ano letivo;
Flexibilização e contrato que não fizeram as paralizações receberão pelos sábados e feriados de reposição que precisarem repor a carga horária do estudante;
O administrativo só pagará os dias que participou das paralisações;

Pontos polêmicos que não foi possível avançar com o governo:

Reposição na última semana de dezembro;
Pagamento de reposição fora do turno de trabalho;
Entrega de declarações em dia de reposição.
Atividades extra-escolares valendo por dois dias de reposição.
A SEDUC se comprometeu a encaminhar as orientações para as escolas ainda esta semana. O Sindicato vem deixar claro que está à disposição da categoria para analisar e intermediar por algum calendário de reposição que seja indeferido.